terça-feira, 9 de novembro de 2010


Pra mim esse dia foi ha exatos 3 meses, 8 de agosto de 2010. No dia seguinte eu desembarcava em outro pais, falando outra lingua e convivendo com pessoas que eu nunca imaginei um dia conhecer, pessoas essas que provavelmente jamais conheceria se nao fosse pela coincidencia do destino de termos a mesma vontade: aperfeicoar o ingles e morar em outro pais.

Sao 3 meses que na verdade parece ser 3 anos. As coisas mais improvaveis de acontecer aconteceram nesse curto espaco de tempo naquele lugar chamado Brasil, do qual estou milhas e milhas distante. A impressao e de que estou morando em outro planeta pq tudo que e relativo ao Brasil me soa estranho aos ouvidos. Eh como se 22 anos e 11 meses vividos la tivessem desaparecido, foram parar num passado tao distante que eh como se nao me pertencesse mais. Nao estou dizendo que nao me lembro das pessoas que estao la ou dos momentos que passamos juntos, apenas tenho a estranha impressao de que tudo aconteceu ha muitos anos atras.

Eh como que se no dia que embarquei, o tempo tivesse parado no Brasil. As pessoas, as coisas, as lembrancas sao daquilo que eu vi pela ultima vez e que tenho certeza que nao estarao exatamente do jeito que eu deixei.

Sei que a gente costuma dizer que a vida eh praticamente a mesma coisa todos os dias, entediante cotidiano, o que na verdade nao eh (e vc so descobre isso quando esta longe desse cotidiano). Sei que quando eu voltar (parte complicada que talvez eu explique em outro post quando me der na telha) tudo vai parecer estranho nao somente pq eu mudei, mas pq a vida esta sempre mudando e as pessoas que ficaram la no Brasil nao ficaram sentadas no sofa assistindo televisao me esperando voltar. Elas tocaram a vida pra frente e as coisas seguiram o curso normal da vida, ou seja, elas tambem mudaram. E o meu medo eh de nao me encaixar mais nesse emaranhado de mudancas.

Eh tao estranho conversar com as pessoas no Brasil e elas conversarem com vc como se vc estivesse la para saber dos minimos detalhes das coisas. Nao adianta me contar so a fofoca como tambem me dar uma explicacao geral da fofoca com certos detalhes para que entao eu consiga entender, o que geralmente tira parte da graca e pessoas como a minha mae nao tem paciencia de explicar. E o que eu mais ouco eh "quando vc voltar vc fica sabendo". Nisso a sensacao de nao pertencer mais aquele lugar se torna ainda mais forte.

Todo mundo diz que os 3 primeiros meses sao de adaptacao e que depois disso tudo vira rotina. pra mim ja virou rotina faz eh muito tempo; minha host me explica como chegar nos lugares como se eu morasse aqui desde sempre, conversa comigo como se eu fosse daqui, vive falando de medidas em oncas, pounds, miles... medidas que nao me soam tao estranhas mais.

Logo que cheguei minha host disse que eu poderia comer o que quisesse, nao precisava pedir e nem esperar por ninguem. Otimo nao? Se nao fosse pelo fato de tudo que estava na geladeira me parecer ter vindo de outro planeta, nao saber como as coisas funcionavam... (eh cozido, frito, assado? pra que serve? como abre?). E depois de 3 meses? Algumas coisas ainda nao sei pra que servem mas a geladeira/ dispensa me parece super familiar. Sei o que ela gosta de comer/comprar (eu faco a grocery as vezes). Alias a primeira vez que ela me deu uma lista simples de coisas basicas pra comprar eu achei que aquilo era qualquer coisa menos uma lista de coisas para ser compradas no supermercado; goldfish? cheese sticks? squeeze yogurt? chicken brooth?

Me sinto uma et as vezes por nao ter sentido nenhum choque cultural. Nao sei se sou uma pessoa mente aberta demais ou as outras pessoas que fazem tempestade em copo d'agua por qualquer coisa ou talvez minha familia nao seja como as outras familias americanas. Ontem quando estavamos voltando do mall minha host perguntou pra kid se ela ia tomar banho (logo pensei: se fosse minha mae isso nao seria uma pergunta e sim uma afirmacao). Minha kid responde que sim pq o ultimo banho dela tinha sido no halloween (domingo passado). Ou seja, ela estava ha exatamente 1 semana sem tomar banho. Muita gente acharia o maior dos absurdos (nao que eu nao ache) e faria o maior bafafa. Eu nao to nem ai, por mim que tome banho quando quiser, que faca o que quiser.

Resumo geral dos 3 meses

- Vi cair alguns flocos de neve no comeco de outubro
- Ouvir ingles eh como ouvir portugues - pesco todas as conversas agora haha
- Nao misturo portugues mais quando estou conversando em ingles. Misturo ingles quando estou falando portugues
- As ruas e direcoes me parecem extremamente familiares
- Descobri que minha memoria fotografica eh mil vezes melhor do que eu pensava
- Entendi pq tive que esperar 6 meses pra vir - tenho a hostmom perfeita e as bebes mais fofas do universo
- Host moms nao sao todas hostmonsters. Minha host eh minha melhor amiga aqui ;)
- Entender o que as pessoas falam eh mil vezes mais facil do que se expressar
- Lava-loucas e lavadoura de roupa sao coisas essenciais que toda casa no Brasil deveria ter
- O desperdicio as vezes eh inevitavel(nao da pra comer 1kg de batata frita que vem com seu footlong hotdog)
- Vi as folhas amarelando/avermelhando e quase nao tirei foto
- 10C eh sinonimo de calor (3 meses atras 18C era sinonimo de frio pra mim)
- Paguei mico no drive-thru do Dunkin Donuts mas dei uma de joao sem braco
- Ouco minha host falar pra pessoas o quanto eu sou wonderful mas ela nunca falou isso diretamente pra mim ou agradeceu por eu estar aqui
- Ouvi minha host falar que vai me trancar no basement pra eu nao ir embora mais mas nunca ouvi ela falar de extensao
- Nao ganhei bolo de aniversario ou ao menos um abraco (ganhei uma pulseira de pedrinhas e um cartao que tinha 50 dolares dentro)
- Estou aproveitando meu ultimo mes sem o host dad em casa e ja estou prevendo a merda que vai ser com ele aqui
- Americanos sao mil vezes mais solidarios e interessados no bem estar das pessoas que os rodeiam do que os brasileiros. E nao me venha com a conversa do calor brasileiro - particularmente eu nunca senti isso nos meus 22 anos de Brasil (e nao to puxando saco dos americanos)
- Tive pessimas homesicks que me fizeram querer ir embora ontem. Relaxa, respira, chora e dorme - novo dia, novas ideias, novos sentimentos
- Me senti a mais solitaria das moicanas
- Minha host incentivando meus dates pra eu arrumar um greencard e nao ir embora mais (fofa mas isso nao esta nos meus planos)
- Abandonei o caderninho da polly que eu relatava meu dia-a-dia
- Nao tive paciencia pra fazer as unhas do pe ainda (so cortei as unhas mas o esmalte eh o mesmo que eu vim do Brasil ;p)

Perdi a paciencia de escrever, tenho que ir dar mamadeira e trocar fralda. Sorry pelo post meio sem nexo mas as ideias estao bem assim, totalmente confusas. Sem acentos pq tenho preguica de configurar o teclado e sem correcao ortografica pq isso eh um blog, nao um artigo academico.

So um ultimo comentario: halloween was awesome! ;)
E a previsao eh de neve pra amanha!
Postado por Suellen terça-feira, novembro 09, 2010 13 comentários

terça-feira, 9 de novembro de 2010

13 comentários:

Kamusett disse...

Yuhoo! o Tempo passa rápido e daqui a pouco tem natal e 2011 logo em seguida. Você é do tipo que acostuma rápido, logo as homesicks se tornarão menos intensas, relaxa. Bom resumo de 3 meses. O bom é que o intercâmbio nos proporciona isto né? Vivemos 3 meses, ganhamos 3 anos de experiência na bagagem.

Mania sua de não me dar notícias hein? Como se eu pudesse esperar por vc todos os dias ¬¬.

E já sabe, precisando...

Beijos, te cuida!

**jOsi** disse...

Ameeeei o post! Assim q eu gosto*-* cheio de informações, mesmo q nõ tenham ordem ou nexo kkkk adoreii! EH como se eu pudesse prever como vai ser a minha au pair life! Espero q meu inglês fique tão bom assim qnto o seu! Bjoo e se cuida

Zandra disse...

gostei de saber das tuas aventuras aí, teu post ficou muito legal!!!

Natália Oliveira disse...

putz outubro p mim foi mto foda com homesick
mas qd eu finalmente fiquei bem e feliz, recebo um email do fbi dizendo pro host q tem alguem fazendo download ilegal na casa^^
#somefodoUSA

Mandy Anita disse...

Adorei o post, principalmente qndo vc fala q sua host é sua melhor amiga muito fofo, e seu inglês já esta tilindo??
Bjim

Fabíola Pasquini disse...

amei o psot! Um mega balanço sobre os meses em que está aí! :D

E que bom que você se dá bem com sua host! *-*

beeeijo guria :D

Tali disse...

Su adoreei teu blog, apartir de já sigo teu blog espero que passe pelo meu tbm, beijos. ;D
Blog: http://talitadsouza.zip.net/
Msn: tatinhababy182@hotmail.com
Skipe: talitadsouza
E-mail pessoal: talitadsouza@bol.com.br

Mohana disse...

Oii flor.. tempo que leio aqui mas acho q nunca comentei! Fiz tres meses a pouco tempo atras e tenho a MESMA sensacao que vc.. nao tive nenhum choque cultural... kkkkk Na verdade acho q somos normais.. e as outras pessoas que fzem tempestade em copo d`agua.. ou entao nao estao tao dispostas a se adaptar a uma nova cultura cmo pensam q estao!!!
Adoreiii seu post!!!

Bjoooo

Hane disse...

nossa vc escreveu demais, to com preguica de ler. dps eu volto, rs. so queria dizer q ainda to na luta...consegui mais tempo. e se nao der certo, ja to com outros projetos em vista. vamo ver no q da...torce por mim ai! bjssssss :)

Camila disse...

Suu!
Amei seu blog, estou te seguindo!
Amei seu resumo de tres meses!!!
Que bom que esta se dando bem como sua hostM!!!
Te desejo tudo de bom!
beijos

Camila disse...

Ah tenho uma maiga morando pertinho de vc!!
Quero ir visita-la!
Podemos marcar alguma coisa juntas!!Beijos

Camila disse...

Su! Desculpa, eu me enganei, nao tao perto nao. Ela mora ha umas 3 horas de vc!
Eh que no mapa parecia perto!!
Beijos

Suelen disse...

Vc pode ter preguiça de configurar, corrigir, ou até mesmo de juntar as ideias pra que elas façam nexo pra vc... Mas adoro como vc escreve.
O jeito que vc descreveu os últimos acontecimentos e a maneira que vc se sente aí, é simplesmente como acho que vai ser comigo, ou tlavez como quero que seja (grande parte).
6 meses fizeram a diferença com certeza na escolha da sua família.
Fala aí quais foram as técnicas que vc usou pra saber quem seria the perfect match!?
Beijos e td de bom

  • RSS
  • Delicious
  • Digg
  • Facebook
  • Twitter
  • Linkedin
  • Youtube

Tags

família application au pair agência cultural care faculdade ligação host family match online creche crianças viagem blog dúvidas meses novidades partida visto ano novo chegada despedida espera feeling inglês presentes segundo ano GAP aniversário cabelos carro compras desânimo feelings. schedule fim formatura frança férias last time lista merda mestrado perguntas processo vida Brasil Natal US acidente agencia agradecimentos amor angústias atualização ausência blog viagem blogger burrice cachos calor candidaturas carta check-list ciclos circo começo confusing consultas contato conversa crise depressões detalhes dia dia-a-dia dirigir dispensada documentos dor driving emails embarque emergência entrega entrevista escolhas esmaltes estrangeiro estágio europa experiência extensao exterior extranet fantasia fases do processo fazer mala feelings ferias fist post flashback flight flores gastos ginecologia guia do estrangeiro halloween horas de experiência host mom hostfamilies ideia imaginação inverno kit embarque lccs livro login mala meeting mente mico mimos morte mudança mudanças música nada neve notre-dame novo blog nível de inglês olimpíadas otimismo pagamento palestra pasaporte passado passaporte pensamento pensamentos personal letter pid planejamento planned parenthood planos posts primavera problemas promoção páscoa pérolas regras renovação respeito respostas resumo sentimentos site sonho superação teste teste de inglês to be or not to be trabalho training school travel guides trânsito usa vergonha vermont viagem com a família video visita voltando últimos momentos