terça-feira, 4 de maio de 2010

*Era pra ontem, mas não consegui postar*

Parabéns, parabéns hj é o seu dia que dia mais feliz!

Um pouco de descontração pq se a gente for encarar na real mesmo acaba pirando... ahahaha
Então, hj faz 5 meses que eu recebi aquele email legal dando boas vindas ao programa e dizendo que o matching team estava trabalhando para achar o melhor match pra mim ^___^

Ao menos não posso dizer que não "trabalharam", apenas não foram felizes nos matchs até hj. Semana passada fiquei quase louca com o meu time out de 1 semana sem família, mas hj já apareceu uma (nada a ver pra variar). O mês começou com um contato inesperado, espero que seja um bom sinal.

Bom, estava eu voltando pro pc depois de assistir um episódio que eu já tinha assistido de uam série (ontem por sinal) mas só fui lembrar no final, quando tive a impressão de que já tinha visto aquela cena. Meu celular toca, um número grande que começava com 054. Achei que fosse o DDD de alguma cidade no sul, ia deixar tocar até parar mas resolvi atender. Quando ouvi aquela voz gringa perguntando Suellen? (nem sei escrever como eles pronunciam meu nome) apavorei e pedi pra ligar no outro número. Meu celular é uma merda, não dá pra entender nada. Ela ligou aqui em casa e ao invés de falar logo que a família X estava na linha e queria falar comigo não, ela deu um enrolation e só fui me tocar que era uma famílai querendo falar comigo quando ela finalmente perguntou se eu gostaria de conversar com eles.

Ela falou qualquer coisa com a host mom que eu achei que era comigo (perdida total) e pediu pra eu hold on a sec. Foram os segundos mais demorados, uns 10 minutos na verdade com uma musiquinha irritante e meu eu interior me falando pra desligar o telefone ahahah ( malvado ele, sempre diz isso mas eu nunca escuto).

Finalmente a host apareceu, me deu um hi, how are you bem seco e começou a me metralhar de perguntas; minha experiência/se eu cozinho/ se eu ajudo nas tarefas da casa/ se eu já morei longe de casa/ se eu acho que vou ter homesick(oi, mãe Diná mode on?)/ se me sentia confortável com a idade das kids/ que tipo de brincadeira fazia com as kids no daycare(me enrolei nessa, tentei dar uma descontraída mas a mulher era muito séria)/ pq quero ser au pair. Depois do paredão disse que a au pair me ligaria em few hours, perguntou se eu ficaria em casa e em qual telefone era pra ela ligar. Eu disse que sim, e a conversa terminou com um "ok, bye". Isso foi às 4 da tarde, não sei qual a "métrica" que eles usam pra designar o que seriam few hours, mas agora são quase 10 da noite e nada. Nem email, nada.

Pelas minhas experiências anteriores, esse foi o contato mais bizarro. A host não foi nem um pouco simpática e não abriu espaço pra eu perguntar. Nem falou sobre a família, apenas que eram 3 kids. Em nenhum momento ela questionou o que eu respondi, pra dar uma complementada e ter aquele ar mais de conversação. Resumindo, não rolou a menor empatia e espero que saiam do meu app logo.

A caçada ainda não terminou. E essas famílias no gap que não dão uma resposta. Tenho mais de 40 na hot list e nem fumaça. To indo lá encher ela mais um pouquinho.

Bom, mais uma vez espero que este seja o último post de aniversário.
Até ;)

**** Pura preguiça de editar o post que eu já havia escrito, vou complementar abaixo****
(Estava tentando postar antes mas o blogspot não tava logando)

Bom, exatamente a meia noite o celular tocou com um número enorme de novo. Não atendi. Logo tocou o telefone de casa, e esse não tinha como não atender né ou deixar o telefone tocando meia noite o povo aqui ia me matar. Não sei como minha mãe não levantou pra perguntar quem tinha morrido, pq telefonema essa hora da noite só pode ser coisa ruim.
Primeiro ponto: achei muita falta de consideração e a mom não pediu nem ao menos um sorry. Fez as mesmas perguntas de novo e passou pra au pair que por sinal é brasileira que assim como a família não me falou quase nada e não respondeu ao que eu perguntei, só se eu estava segura com as crianças (são 3) e que os hosts estavam buscando fechar algo nessa semana ainda (outra família desesperada). O jeito é esperar pela próxima ;)
Postado por Suellen terça-feira, maio 04, 2010 9 comentários

terça-feira, 4 de maio de 2010

9 comentários:

Lis disse...

Su... força na peruca flor.... vc vai conseguir... tô torcendo para vc! Eu sei que vc via... depois desse rebolation toda ñ é possivel que vc ñ vá achar uma família.
Continuo te acompanhado e torcendo sempre ... É CLARO... por vc...
Falando nisso... host sem noção essa viu!
Bjs!!!

Roberta Freitas disse...

...Continue na correria...
por mais que demore o melhor virá com certeza.

beijossssss

Marcelly disse...

Nossa, bizarro esse contato.

Como pode a pessoa falar com a outra dessa forma? Nem em uma entrevista de emprego é assim tão frio né? Que absurdo! Se ela fala assim para tentar te "conquistar", imagina no dia-a-dia, quando vc estiver morando lá.

Flor, to torcendo muito por vc, e posso estar errada, mas essa family não me pareceu nem um pouco bacana.

Fico lembrando de qndo minha host me ligou. Super simpática, me contou da rotina deles, o que eles gostava, perguntou como era minha cidade, a minha vida, perguntou coisas importantes como cuidados com kids, mas tbm perguntou do que eu gostava e tal. Foi um amor, mas é claro que posso chegar lá e me deparar com uma família completamente diferente do que espero, mas fechar com alguma que te passe confiança e segurança te faz sentir melhor.

To aki torcendo!

Beijoooosss

Mandy Anita disse...

Ki familia esquisita, mas tô torcendo para vc ñ fazer mais esse niver, pq deve ser muito ruim!
Bjim

Jk Bueno disse...

Que loka!!!
Seu match vai ser o mais comemorado do mundo auperianooo!!!
Ja foram qtas familias??? Vc ja falou com a cc para eles publicarem o seu recorde!!! Mas logo vc vai estar aqui su, vc vai ver!

Bjoooooo

Fabiane disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Fabiane disse...

oi Su!
que host doida eu heim!!! Bom bora esperar a próxima né! Torcendo mto por você! Chega de comemorar esses niver rs....!
Boa sorte!
Beijos!

Évelin disse...

Já deve ser uma aflição falar com essas famílias e ainda eles nem serem simpáticos.... Cadê o calor humano??? Bjos

Maybi disse...

Como todas disse muita força, que quando for a hora certa tua host family vai chegar!..
eu não gosto muito do GAP mas você já tentou algo no Au Pair world?
enfim eu estou lá.. não faz nenhum um mes e já consegui entrar em contato com algumas familias bem legais...
mas você quer USA né? ~tem uma amiga que quer tb e se escreveu no Au pair World.. mas lá tem poucas familias de lá.. mas ela conseguiu contato com uma... enfim é um dica.. e não desista..

bjusss

  • RSS
  • Delicious
  • Digg
  • Facebook
  • Twitter
  • Linkedin
  • Youtube

Tags

família application au pair agência cultural care faculdade ligação host family match online creche crianças viagem blog dúvidas meses novidades partida visto ano novo chegada despedida espera feeling inglês presentes segundo ano GAP aniversário cabelos carro compras desânimo feelings. schedule fim formatura frança férias last time lista merda mestrado perguntas processo vida Brasil Natal US acidente agencia agradecimentos amor angústias atualização ausência blog viagem blogger burrice cachos calor candidaturas carta check-list ciclos circo começo confusing consultas contato conversa crise depressões detalhes dia dia-a-dia dirigir dispensada documentos dor driving emails embarque emergência entrega entrevista escolhas esmaltes estrangeiro estágio europa experiência extensao exterior extranet fantasia fases do processo fazer mala feelings ferias fist post flashback flight flores gastos ginecologia guia do estrangeiro halloween horas de experiência host mom hostfamilies ideia imaginação inverno kit embarque lccs livro login mala meeting mente mico mimos morte mudança mudanças música nada neve notre-dame novo blog nível de inglês olimpíadas otimismo pagamento palestra pasaporte passado passaporte pensamento pensamentos personal letter pid planejamento planned parenthood planos posts primavera problemas promoção páscoa pérolas regras renovação respeito respostas resumo sentimentos site sonho superação teste teste de inglês to be or not to be trabalho training school travel guides trânsito usa vergonha vermont viagem com a família video visita voltando últimos momentos