quarta-feira, 16 de junho de 2010

Sumi mas voltei pra contar detalhes do match.

Logo que recebi notificação dessa família, já nem senti mais empolgação (e quem é que tem empolgação depois de ver mais de 50 vezes o email de match da CC, 50 pq tiveram famílias que entraram mais de 1 vez).

Mas como de costume entrei e li o app deles. O email de match foi aquele automático do sistema enviado pelo au pair operations, então dei menos bola ainda pq o meu não era o app principal deles e tinha sido mais uma família que a CC tinha me mandado pra eles. Passaram-se 1, 2 e eu já contava com o terceiro dia que seria quando eles seriam tirados automaticamente por não terem entrado em contato.

Eis que lá pelas 10:30 ou 11 da manhã (tava dormindo, não faço idéia da hora direito) chega minha irmã com o telefone pra mim: "é em inglês". Atendi e a mocinha fofa me perguntou como eu estava umas 2 vezes (acho que ela percebeu que tinha algo diferente hahah). Disse aquele blablabla que a família "pararan" estava na linha e se eu estaria interessada em falar com eles. Por questões de privacidade, nem o nome e nenhuma informação pessoal da família será passada aqui.

Atendi, mesmo com a vontade de falar que não queria pq tava morrendo de sono e achei que não fosse entender nada. A host foi uma fofa e eu uma lerda total. Tinha vezes que ela perguntava uma coisa, aí ficava aquele silêncio enquanto eu pensava pra no final soltar um "sorry"? Nesses momentos eu já pensava "tomei mais um pé na bunda". Se nem em ligações em que eu estava 100% acordada e esperando a ligação, que eu achava que tinha sido o máximo eu tomei um peá na bunda, imagina agora...

Acho que durou uns 40 mins, a host falava bastante e mais uma vez a conversa foi bem uma conversa mesmo bastante agradável. Eu pedi desculpas pq tinha acabado de acordar e ela pediu desculpas por ter me acordado e perguntou que horas eram... tive que responder que era umas 10 e pouca da manhã e já pensando "agora fudeu de vez, au pair dormindo em plena 10 horas da manhã?"

Ela elogiou meu inglês várias vezes, disse que era fácil de se comunicar comigo, ela entendia o que eu falava e eu tb entendia ela, disse que eu ão vou ter grandes problemas quando chegar lá. (senta lá cláudia)

No meio da conversa ela até perguntou qual era minha cor favorita, disse que estão reformando tudo por lá. Será que meu quarto vai ser lilás? ;P

Finalizando a ligação ela disse que me ligaria novamente, perguntou melhor horário e talz, disse que me mandaria email com fotos e quaisquer perguntas que eu quisesse fazer. Disse algo de liberar o app completo deles pra eu ver tb. Fiquei receosa com esse "vou te mandar um email com fotos" pq da última vez que ouvi isso tomei um belo pé na bunda e nunca vi nem a cor do email. No mesmo dia no horário de almoço a CC lá dos EUA me liga perguntando se eu estava confortável com o fato de serem gêmeas (sim, são duas meninas) e se eu estava interessada. Respondi que sim e mais tarde olhei no meu login e o app completo tinha sido liberado.

E passou sexta o dia inteiro e nada de email. Claro que au pair é bicho ansioso e au pair que já levou pé na bunda antes é 10x mais. Sábado à tarde eu ia assistir uma partida de futebol, como ia ficar a tarde toda fora resolvi mandar um email dizendo, quem sabe ela não estivesse esperando por uma atitude minha já que ela já tinha liberado o app completo deles e lá estava o email dela.

No domingo abro meu email e qual a minha surpresa? Lá estava um email de resposta dela com as fotos. Respondi com muitas perguntas e outras fotos e assim foi até quarta. Logo no terceiro email tinha escrito no final:

"We are a patient and flexible family and would love to have you come if the living arrangements sound workable to you. "

Respondi com mais perguntas e na quarta recebo um email com o assunto "Good news from Cultural Care". Li o email e comecei a chorar, fui abracei pai e mãe e me acalmei. Entrei na minha conta e tava diferente. A sensação não era tanto de felicidade, mas de alívio, difícil de explicar.

Continuo conversando com a host por email, ela tem sido sempre atenciosa apesar de eu saber que ela deve estar bem ocupada. Falando um pouco sobre a família:

Eles são de Brattleboro, Vermont. Tem uma menina de quase 9 anos e a host está grávida de gêmeas para setembro. Meu schedule será de segunda a sexta das 8 às 5. Eventuais sábados que serão avisados com antecedência. Carro extra para a au pair. Sem curfew no fds desde que não acorde ninguém.

O que posso dizer que tudo está bem esclarecido até agora e atende às minhas "exigências" digamos assim. Talvez ficar 3 meses junto com a host cuidando dos bebês possa não ser a coisa mais fácil do mundo, mas estou indo com a mente aberta e com todo o carinho e boa disposição do mundo. Afinal, um dos primeiros passos para esse ano dar certo depende de mim ;)

Posso dizer que o processo todo até o match final não foi nada como imaginei. Não esperava ficar 6 meses esperando, não imaginava que fosse fechar com uma família asim desse jeito. Não esperava ir para Vermont (tive famílias de todos os cantos dos EUA com meu app), não esperava ir em agosto. Não esperava estar tão calma como se nada estivesse para acontecer, como se minha vida não fosse mudar radicalmente.

A gente acaba lendo tantas histórias e imaginando como seria o melhor pra nós, como seria a melhor forma de perguntar, sobre o que perguntar, quantas vezes falar ao telefone, por quanto tempo, imaginando ser essencial uma conversa por vídeo antes de fechar e mais um milhão de outras coisas. A gente acaba esquecendo que cada processo é diferente, cada família é diferente e que as coisas não precisam ser exatamente do jeito que imaginamos que deveriam ser. E o verdadeiro sentido da famosa frase "tudo tem seu tempo certo" é esse, que as coisas simplesmente acontecem, não da forma como queríamos, mas da melhor forma possível.
Postado por Suellen quarta-feira, junho 16, 2010 11 comentários

quarta-feira, 16 de junho de 2010

11 comentários:

May Esquivel disse...

Precisa repetir o quanto estou feliz por vc???

Tinha certeza que o melhor pra vc viria.

simples assim: good things come for those who wait!!!

:)

torcendo pelo melhor ano da sua vida!
Beijos amiga

Carolina disse...

Seu match foi um dos que eu mais esperei! Acompanhei seu blog desde o começo...

Cada processo eh único pq cada pessoa eh única e a sua família apareceu no momento certo.

Resolveram o erro sim! Agora é dedos cruzados.

Bj

Má... disse...

"E o verdadeiro sentido da famosa frase "tudo tem seu tempo certo" é esse, que as coisas simplesmente acontecem, não da forma como queríamos, mas da melhor forma possível." E eu não sei? XD

Se a gente ficar dando ouvidos a tudo o que lê por aí, não saía de casa... Cada caso é um caso--vide eu tendo 1000 problemas com a CC e a maioria das meninas vindo por ela sem problemas!--, cada experiência é única, e fazer isso daqui valer à pena depende de sorte e da nossa força de vontade. Como a sorte a gente não tem muito o que fazer a respeito, o negócio é trabalhar com o que a gente pode :)

Bjks!!

ännä disse...

Oie!!

Fiquei tão feliz q vc teve um match! C num sabe quanto... é triste ver alguém num espera quase sem fim =/
E tá aí! Vc conseguiu garota!!
Que esse ano seja o melhor ano da sua vida, vio?!
Torcida aqui!!

Bom, marquei meu visto pra 16/07.
tocommedo.com.br =P
Me deseje sorte!!

E boa sorte pra vc tb neah?!
Vai dar tudo certo, vc tá merecendo =)

Beijos!
xoxox

Érica disse...

Nossa! Eu sinceramnete não tenho o que falar. Toda espera tem um final feliz. E voce foi paciente, aguentou 6 meses. E agora foi presenteada com uma otima familia.
Que deus te abençoe, voce mereçe toda a felicidade do mundo.

Hehe

Obrigada pela força lá no meu blog.
hhe

beijos

That's me, Dri ♥ disse...

Yeeeeey, gostei dos detalhes e to feliz por vc! ^__^!!! eu sempre digo, no final, tudo da certo :D Eu gosto de Brattleboro, gosto de nomes que soam bem, eu vou conhecer Brattleboro!!! hahaha eeee (vê se me convida pra ir aí hein, sua monstrinha de brattleboro) 8D
"agora fudeu de vez, au pair dormindo em plena 10 horas da manhã?" HAHAHAHAHAH a sinceridade vale mais do que a "cagada" em si.
bjs! ^__^

Hane disse...

SUUUUUUUU
seu match foi mt igual ao da yve. a familia dela tbm foi email do operator.
eu consegui o V! to mto feliz! foi mt facil! vc tb vai conseguir o seu facil facil seu ingles eh otimo, é só ir confiante, vc vai ver como é facil, eu nem acredito ainda q eu tava com tanto medo e foi tao facil, Deus eh bom demaissssss. bjssssssssss :)

Évelin disse...

Suelle seu post foi incrível... Tenho certeza que muita coisa boa está reservado para você.... Bjos :D

Lis disse...

Oie Su!!!!
Além de vc eu tb fiquei com um sentimento de álivio... e sabe pq?
Tava torcendo muito para vc... ficava pedindo a Deus... que uma família boa aparecesse para vc... e que vc gostasse... e vcs fechassem. Acompanhei a maior parte de seu processo... de suas angustias... e fico mega feliz de ver vc aliviada e satisfeita com essa family.
E sabe de uma cois... só me dá a certeza de que eu escolhi a agência certa. E vc está certa de que tudo tem seu tempo... e elas sempre vêm.
Bjs e toda a paz e sorte para vc!!!
Se cuida flor!

Bruna disse...

Só vai ser ruim com a host e os bebês, se você deixar se tornar um problema. Minha host trabalha em casa e a gente se dá muito bem, então é bem tranquilo quando a gente faz alguma coisa juntas e leva o baby ou ele e a menina de 3 anos.

Enfim, é só não ir com pensamento que todas as meninas falam: host em casa é um problema. Okay, se ela não trabalha, talvez. Mas cada experiência é uma, cada au pair é diferente e cada host mom também =)

Relaxa e vem confiante! HUAHUAHUHAUHA

Beijo!

Jk Bueno disse...

Su!! Caraca como eu to feliz por vc!!!
Vc vai trabalhar no mesmo horario que eu! rsrsrsrs!
PS: se agenda pra vir para Seattle!!!!
Bjusss

  • RSS
  • Delicious
  • Digg
  • Facebook
  • Twitter
  • Linkedin
  • Youtube

Tags

família application au pair agência cultural care faculdade ligação host family match online creche crianças viagem blog dúvidas meses novidades partida visto ano novo chegada despedida espera feeling inglês presentes segundo ano GAP aniversário cabelos carro compras desânimo feelings. schedule fim formatura frança férias last time lista merda mestrado perguntas processo vida Brasil Natal US acidente agencia agradecimentos amor angústias atualização ausência blog viagem blogger burrice cachos calor candidaturas carta check-list ciclos circo começo confusing consultas contato conversa crise depressões detalhes dia dia-a-dia dirigir dispensada documentos dor driving emails embarque emergência entrega entrevista escolhas esmaltes estrangeiro estágio europa experiência extensao exterior extranet fantasia fases do processo fazer mala feelings ferias fist post flashback flight flores gastos ginecologia guia do estrangeiro halloween horas de experiência host mom hostfamilies ideia imaginação inverno kit embarque lccs livro login mala meeting mente mico mimos morte mudança mudanças música nada neve notre-dame novo blog nível de inglês olimpíadas otimismo pagamento palestra pasaporte passado passaporte pensamento pensamentos personal letter pid planejamento planned parenthood planos posts primavera problemas promoção páscoa pérolas regras renovação respeito respostas resumo sentimentos site sonho superação teste teste de inglês to be or not to be trabalho training school travel guides trânsito usa vergonha vermont viagem com a família video visita voltando últimos momentos